fbpx

Veja como conquistar agilidade de aprendizado

Quando falamos de agilidade de aprendizado muitas pessoas ligam a expressão à rapidez de aprendizado. Porém, não é bem assim… Swisher, Hallenbeck, Orr, Eichinger Lombardo & Capretta (2013) a definem como “a habilidade e a vontade de aprender com a experiência e, subsequentemente, aplicar esse aprendizado para atuar com sucesso em condições novas ou inéditas”.

E para que este conceito seja colocado em prática, quatro competências se destacam como as principais:

1. Busca: trata-se da disposição para imergir-se em situações novas e desafiadoras que ampliam e expandem as suas experiências. Em quais dos comportamentos a seguir você deseja focar para o seu desenvolvimento?

  • Aproveitar oportunidades para aprender coisas novas.
  • Encarar todas as situações como uma oportunidade para aprender algo.
  • Buscar experiências que mudarão a sua perspectiva.
  • Responder bem a novas situações que exigem flexibilidade e geram crescimento.
  • Buscar experiências de trabalho novas e diferentes.

Toda nova experiência deve ser encarada como uma oportunidade de aprendizado e crescimento, então aventure-se fora de sua zona de conforto, valorize mais a experiência do que o resultado e mergulhe de cabeça!

2. Reflexão: processo ativo de curiosidade e experimentação para adquirir conhecimento e perspectiva. Em quais dos comportamentos a seguir você deseja focar para o seu desenvolvimento?

  • Conseguir fazer correções ao longo do caminho.
  • Experimentar novas abordagens.
  • Estar aberto(a) a novas perspectivas.
  • Reconhecer quando não possui conhecimento sobre um assunto.
  • Tolerar ambiguidade ou incerteza.

Enfrentar novas situações é como viajar a um novo destino, então deixe tudo o que você sabe para trás, seja aventureiro e prepare-se para se perder!

3. Internalização: buscar feedback e reflexão para incorporar lições importantes. Em quais dos comportamentos a seguir você deseja focar para o seu desenvolvimento?

  • Responder de maneira eficaz ao receber feedback  aprender com seus erros e aceitar bem críticas.
  • Refletir sobre e aprender com experiências.
  • Buscar feedback honesto sobre o seu desempenho.

Aprender é um processo contínuo, não um evento único, então adote uma abordagem de “nunca fiz antes” para aprender com as experiências, atualize continuamente a sua compreensão sobre os próprios pontos positivos e negativos e lute para cometer muitos erros, mas não o mesmo erro duas vezes.

4. Aplicação: acessar princípios e regras de ouro adquiridos em experiências anteriores e utilizá-los para navegar por situações novas e desafiadoras. Em quais dos comportamentos a seguir você deseja focar para o seu desenvolvimento?

  • Ser capaz de recomeçar após um revés.
  • Aplicar a novos desafios as lições aprendidas com a experiência.
  • Formar associações e ideias originais que criam maneiras novas e diferentes de resolver problemas.
  • Ajustar-se facilmente às mudanças nas circunstâncias.
  • Confiar na intuição quando a solução de um problema não está clara.

Limites são fluidos e flexíveis, e não finitos e categóricos, então procure continuamente por possibilidades
 (“E se…?”; “Como poderíamos…?”; “Sim, e…”), olhe para as coisas em termos relevantes e foque no progresso contínuo, em vez de apenas atingir metas.

E então? O que achou?

Esta agilidade pode ser aprendida por qualquer pessoa e configura-se como uma habilidade “para a vida”, uma vez que pode nos beneficiar em todos os aspectos do nosso dia a dia e, em parte, é um produto de nossas experiências; deve ser considerada um músculo. Curioso, não?

Continue de olho em nossos conteúdos e aproveite para ler mais!



Deixe uma resposta